bioplastia

IN ES BR

Central de Atendimento

AGENDAR CONSULTA

De segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h.

Receber Notícias

E-mail:
Nome:

PMMA - Polimetilmetacrilato

Preenchimento com PMMA no Rio de Janeiro

O polimetilmetacrilato, conhecido pela sigla PMMA, é o material definitivo utilizado no procedimento de preenchimento, sendo biocompatível e não absorvível pelo organismo. Sua formação é composta por microesferas suspensas em um coloide, que por possuírem aproximadamente 40 micra e não apresentarem irregularidades permanecem intactas no local em que foram implantadas, sem migrar para outras regiões.

Essa substância é utilizada desde os anos 50 em próteses de quadril, e futuramente em implantes intraoculares, sendo recentemente utilizada também para fins estéticos. A quantidade de concentração do material é dividida em relação ao local em que ele é implantado, sendo que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso de seringas de 1ml para realizar algumas correções.

São diversos os locais em que o PMMA pode ser implantado, tanto no rosto quanto no corpo, para alcançar maior volume na região ou ainda para corrigir imperfeições. Alguns dos locais são os glúteos, mãos, lábios, linha da mandíbula, sulcos e rugas, nariz, queixo, pálpebras, maçã do rosto, panturrilhas, peitoral e braços.

As rugas finas podem ser preenchidas com uma concentração de 2% de PMMA, os sulcos, os lóbulos das orelhas e as mãos magras, exigem 10 %. Já locais como o queixo, a linha da mandíbula e o nariz necessitam de 30% para que os resultados sejam os almejados.

O procedimento é realizado em curta duração, ambulatorialmente e sem a necessidade de cortes. Para que isso ocorra, é utilizada uma microcânula, uma agulha atraumática que por não possuir ponta, acaba por realizar um tratamento minimamente invasivo e com o mínimo de sangramento. O material é injetado na microcânula e aplicado nos locais desejados, sendo que o paciente encontra-se sob anestesia local.

Esse tipo de anestesia permite que o indivíduo esteja acordado, podendo ver as modificações que estão sendo realizadas em si mesmo com o auxílio de um espelho, o que faz com que haja a possibilidade de intervenção durante o procedimento. Após realizar as mudanças necessárias, o retorno para as atividades é imediato, sem se fazer necessário o repouso.

Como todos os procedimentos e materiais utilizados é possível que alguns efeitos colaterais surjam, como inchaço no local, equimoses e sensibilidade, entretanto nada que seja preocupante e que não desapareça em no máximo cinco dias.

É imprescindível que a escolha do profissional seja muito bem pensada, já que a utilização indevida do material pode ocasionar diversas complicações, que não são possíveis se seu uso for feito de maneira adequada e respeitando as indicações da Anvisa.

A aplicação da do PMMA via injeção pode, eventualmente ocasionar o aparecimento de um discreto edema ou eritema. Essas reações são passageiras e desaparecem expontaneamente entre 24 e 48 horas. No entanto, como qualquer procedimento desse tipo, a implantação de PMMA pode desencadear reações locais como granulomas (principalmente por má técnica), pápulas acneicas, endurecimento (quando a massagem for ineficaz) e sesação dolorosa.


clinica leger s�o paulo Clinica Leger Moema São Paulo

 

Clínica Maison Leger Porto Alegre
Clínica Leger Rio de Janeiro
Clínica Leger Recife